IMG_8094


Fui desafiada pela querida Mommy´s Belly para participar no Tag Versatile Blogger Award e contar 10 factos sobre mim. Confesso que não costumo aceitar este tipo de desafios, mas tocou-me receber este convite do outro canto do mundo onde falamos a mesma língua.


Preparadas?
(a organização dos factos abaixo é meramente aleatória)

#1 – No inverno gosto de beber sumo de laranja quente estilo chá. Isso mesmo, leeeram bem, depois de espremer as laranjas junto-lhe um pouco de água morna et voyla;


#2Depois de limpar a casa gosto de a transformar num museu. Gosto de ver as coisas alinhadinhas, tudo no lugar e ninguém lhes toca ok? O lado “bom” é que passados dois dias a panca já acalmou e vivam os brinquedos espalhados na sala;


#3Sou filha única e odeio, toda a vida pedi aos meus papás para ter um irmão, mas a coisa não se deu, diz que dei muito trabalho a criar e não havia tempo para dois! Fui compensada quando fui mãe do Duarte aos 28 anos, o meu maior amor, desculpem lá o cliché;


#4 - Sou apaixonada por decoração, por meter as mãos à obra e transformar, modificar, melhorar… estou constantemente a fazer pequenas alterações lá em casa (ainda bem que o marido tem paciência). Também gosto de planear festas, definir a decoração, escolher as receitas, adoro estar envolvida nos preparativos. A Babytime surgiu a partir da paixão por estes dois mundos;


#5 - Já fui vegetariana. Durante 4 anos da minha vida não consumi carne nem peixe por opção alimentar. Nunca tive análises e exames médicos tão bons mas… “o bom filho a casa torna” e não conseguir resistir aos grelhados do sogro;


#6 - Sou viciada em chocolate. Podia comer ao pequeno-almoço, almoço e jantar. Controlo-me BASTANTE para não comer todos os dias. Mas no geral gosto mais de salgados do que de doces, sou aquela pessoa que adora a parte das entradas nos casamentos;


#7 - Sou louca por animais. Podia ter um zoo em casa que não me importava naaaadinha. A melhor viagem da minha vida foi ao Sri Lanka, onde pude fazer um safari e interagir com elefantes asiáticos;


#8- Faço campismo desde os 6 anos. Gosto da aventura, da descoberta, do acordar, do despedimento e liberdade de calçar as havaianas e seguir para a praia! No geral, gosto muito de viajar seja qual for o estilo, com ou sem luxo, com ou sem amigos, de malas ou mochilas, de carro ou avião, para hotéis ou acampamentos;


#9Gosto muito de estar em casa, de aproveitar o aconchego e o sossego para organizar as ideias, ver um filme ou fazer um bolo. Gosto da sensação de ter tempo livre para desfrutar da casa mas não consigo passar um dia inteiro em casa, preciso de rua, de pessoas, de barulho e agitação para encontrar equilíbrio;


#10 – Este vem em último por ser o menos positivo. Sofro de ataques de ansiedade. Chegaram à minha vida há 10 anos, tenho altos e baixo, períodos sem sintomas, períodos com sintomas diários, não é fácil lidar com esta doença da civilização moderna, mas já estou mentalizada que é para a vida. Por outro lado, para quem conhece, sofre ou lida com este problema, sou a prova viva de que se consegue ter uma vida “normal” com muita força de vontade. Trabalho em comunicação e adoro, tenho a BabyTime, sou mãe, mulher, dona de casa, uma pessoa normal aos olhos de todos e que tem sempre ideias na manga. A luta diária com esta doença enfrento-a muitas vezes em silêncio, pois tenho a sensação que ninguém iria suportar saber a quantidade de vezes com que lido com os sintomas, que além de invisíveis, são extremamente difíceis de explicar a quem nunca teve um.


Assim encerro este post com 10 factos sobre mim. Não vou nomear 10 blogs para fazerem o mesmo pois não é prática habitual por cá, mas sigo bastantes e tenho um carinho especial por alguns. Desafio cumprido =)


Beijinhos,


ASSINATURA

Adoro o tema nuvens para decorar quartinhos. O do Duarte tem nuvens pintadas por mim na parede e é dos poucos temas fofinhos unisexo, a par com as estrelas, que se vê por ai e que cai bem em quartos de meninos, sem ser pioroso ou desadequado para rapaz.


E como sei que já tinham saudades dos meus DIY (tinham não tinham?), quero ouvir esses «SIM`s» em uníssono, hoje partilho uma ideia que quero por em prática brevemente - transformar um tapete normal num tapete em forma de nuvem. O grau de dificuldade está apenas na capacidade de desenho e técnica de corte, acho que todas nos safamos certo? Podem sempre usar um molde em cartão.


[gallery ids="1213,1211,1212" type="rectangular"]

(Tapete Ikea em branco ou cinza (o meu preferido))


Marcar, cortar e está feito! Fácil não é?


Inspirem-se:


[gallery ids="1220,1221" type="rectangular"]

[gallery ids="1226,1227" type="rectangular"]

Fonte: Mommo design; Pinterest


Beijinhos,


ASSINATURA

0

#Vamos?

24 novembro 2015

12112438_740914846014014_6410838839638097438_nO frio chegou e é preciso renovar o stock de agasalhos, gorros, cachecóis e casacos dos mais novos. Já ouviram falar do Preloved Baby & Kids Market? Acontece sábado no LX Factory das 10h00 às 19h00 e promete (re)aquecer muitos corações.


A ideia é gira, é um mercado de roupas em 2º mão, daquelas que temos lá em casa em bom estado dentro de caixas (se forem como eu, que guardo tudo do Duarte), que vai reunir muitos pais com roupa gira para vender e muitos pais que procuram renovar o guarda-roupa da pequenada sem gastar uma nota preta.


Vai haver muita variedade de estilos, cores e tamanhos, para meninas e meninos que podem dar um novo ciclo às roupinhas «Preloved».


11056594_745651148873717_8279792447537191323_n


Além disso,  o evento vai ter várias atividades para as crianças e para os pais, uma zona de comidas e uma zona de marcas em 1º mao para adultos e crianças, onde a BabyTime vai estar com preços especiais. Isso mesmo! Vamos levar as nossas coisas mais amorosas para o quarto dos mais novos, desde as luzes de presença, os banners personalizaveis ate às almofadas, para que possam sair de lá com o guarda-roupa renovado e um miminho dos papás, quiçá para o Natal!


2015-06-28 08.18.48


(Aviso à navegação: vamos conseguir levar um stock limitado de Lightboxes e luzes de presença ICE CREAM)


Apareçam, a entrada é livre.


Para mais informações podem ver o Facebook do evento.

Vemo-nos por lá?

ASSINATURA

Soneca, Dengoso, Feliz, Atchim, Mestre, Zangado e Dunga. Quem não se lembra dos 7 anões e da rainha má que queria ser a mais bela do reino? E da doce princesa que comeu a maça envenenada? Todos crescemos a ouvir este conto de fadas infantil e aposto que, como eu, ainda sabem a história de cor.


Na sexta-feira tive oportunidade de assistir à peça "A Branca de Neve no Gelo", um musical que vai estar em cena no centro comercial Alegro Alfragide até ao dia 10 de janeiro. Posso dizer-vos que estive do principio ao fim a pensar "tenho mesmo que trazer o Duarte".


Por isso, mamãs e papás, se andam à procura de sítios giros para levar os miúdos na época do Natal, juntem a família e não percam esta peça pois vale mesmo a pena. Levem também os avós, eles vão adorar reviver a história. Eu vou lá voltar :)


Os bilhetes estão à venda aqui e há várias sessões.


Aviso que quem tem bom ouvido vai sair de lá com a música na cabeça!


IMG_2895 (1)


IMG_3387IMG_3353IMG_3413IMG_3538IMG_3733


ASSINATURA

 

Ideias giras, pedagógicas e handmade são comigo!
Descobri este método através de uma amiga e dei por mim a pesquisar no Google, Pinterest e Youtube tudo e tudo sobre ele.


Calming Jar ou o Pote da Calma é um instrumento inspirado no método Montessori (do qual sou fã como podem ver abaixo) que pode ser usado para acalmar as crianças depois de uma crise de choro ou birra.


2013-05-06
Segundo este método, o pote ajuda as crianças a ficarem tranquilas para conseguirem ouvir o que os pais ou os educadores têm a dizer. O Pote da Calma é utilizado nos momentos em que as crianças precisam de alguns minutos para se acalmarem. Feito à base de glitter colorido, que pode ser facilmente encontrado em qualquer supermercado, basta a agitá-lo para criar magia. O efeito chama a atenção das crianças que, atraídas pelo brilho, se sentem mais tranquilas.


É como ensinar as crianças a respirarem fundo nos momentos em que elas precisam ficar calmas para tentarem explicar o motivo do choro ou da frustração, o que é muito difícil para elas.


DOIS


Pote-da-calma-1024x683Há muitas formas de se preparar um Calming Jar, com ou menos enfeites. Deixo aqui uma verão simples que pode ser uma excelente ideia de gift de Natal para as educadoras e amiguinhos do colégio.


Calm_Down_Jar


Material necessário:
– 1 frasco de vidro com tampa
– 1-2 colheres de sopa de cola glitter
– 3-4 colheres de chá de purpurinhas
– 1 gota de corante alimentar
– Água quente
Preparação:
A quantidade de água utilizada varia de acordo com a capacidade do pote e tenham em consideração que é necessário deixar um espaço vazio na parte superior do vidro para se poder agitar o conteúdo.
Despejem no vidro a água quente e a cola glitter. Mexam com muita paciência para que o glitter da cola se desmanche na água. Adicionem as purpurinhas (podem ser normais ou estrelas) e misturem novamente. Por fim, adicionem uma gota de corante alimentar e feche bem a tampa do pote.
Dica: o azul é a cor que mais inspira a calma.

Podem ver o video aqui: http://bit.ly/1OeSbiy 


Será que também resulta para as mães??!


O quarto montessori do Duarte:


IMG-20151010-WA0067 (1)


Fonte: Pais & Filhos Brasil, Youtube
Fonte de imagens: Google e Pinterest

ASSINATURA

 

Screenshot_2015-11-14-08-35-31-1Esta noite dormi contigo para me proteger. Procurei na tua companhia um refugio emocional, talvez porque sentir o nosso contacto me acalma. A verdade dolorosa é que assistir a mais um acto desumano de terrorismo me faz tremer, me agita emocionalmente e sufoca-me enquanto mãe..


-Tenho medo de te ter colocado no pior cenário mundial de sempre;


-Tenho medo de um dia não te poder proteger contra tudo e contra todos;


-Tenho medo de não te poder prometer a vida de liberdade, igualdade e fraternidade a que todos temos direito;


-Tenho medo do que possas ter que enfrentar no futuro por este mundo fora e do que possas vir a assistir;


-Tenho medo que um dia me perguntes o que é a humanidade e eu não a saiba definir;


-Tenho medo que os teus sonhos de menino sejam destruídos.


Ser mãe também é isto. Não te poder demonstrar, mas ter medo.


(um minuto de silêncio por todas as crianças que perderam a vida ou os pais ontem em Paris)

ASSINATURA


Sem Título


Quando aos 28 anos estava grávida disseram-me a brincar “a maternidade é a forma mais rápida de chegares aos 30 sem dares por isso”, nunca uma frase tão banal fez tanto sentido quando recordo toda esta aventura que é ser mãe. Não, não cheguei aos 30 desleixada como se a maternidade me tivesse anulado, não ando a exibir cabelos brancos nem má cara (espero eu). NÃO, não é nada disso. Trata-se da forma como passamos a ver o tempo, as semanas correm, os meses voam e passam a ser assinalados com fotos, telefonemas da família, lembranças… e assim, derrepente já se passou 1 mês, outro, mais outro, 1 ano, 2 anos e já está a caminho dos 3??! E eu já fiz 31?! Começamos a olhar para trás e perceber que o bebé que achamos que ainda ontem nasceu já é um menino crescido, já tem momentos de independência, já tem um melhor amigo e quiçá uma namorada!


6 coisas (que podiam ser mais) que levam as mães a acreditar que o tempo corre:


Ele fez um mês e já temos saudades do dia que nasceu. Gostávamos de voltar àquele momento do pós-parto para o desfrutar novamente (mas sem dores ok?). Aposto que 100% das mães sentem isto!;


• Damos a primeira papa e deixamos de ser a sua única fonte de alimentação. Confessem: a maminha dá-nos exclusividade e sentimos aquela tristeza miudinha de "pronto, o puto já está entregue ao mundo, agora todos lhe podem dar de comer";


• Quando estamos a pôr roupa de parte e pensamos “ele cabia aqui? Really?”;


Sentimos saudades da fase coelhinho, de quando os primeiros dentinhos começam a romper e fazemos o pino para conseguir tirar uma foto para mostrar à família que a cria já tem dentes;


• Ouvimos chamar "mãe", "mamã", "maezinha"... então mas ele já sabe aplicar o diminuitivo?


Vemos fotos recentes (da semana passada) e achamos que já está mais alto!?


Nem quero imaginar quando chegarem as noitadas e as férias fora com os amigos! Vida, podemos abrandar?

Fotos: Duarte com 2 anos

ASSINATURA

0

#My little surfer

10 novembro 2015

Quem diria que o verão ia voltar e que aquele último dia em que metemos o pé na areia se ia repetir tão cedo? Todos os passeios são bons, mas a praia é a Sra. Dona catalizadora das boas energias. O pai for surfar, a mãe foi ver, o filho foi brincar, uma manhã bem passada à beira mar em pleno verão de S.Martinho. Não sei se o petiz vai seguir as pegadas do pai no que toca a desporto mas a avaliar curiosidade cheira-me que sim =)


SAM_7971soft

Aquele ar de "mãe, posso ir com o pai para a água?"SAM_7977soft SAM_7994soft SAM_7996soft SAM_8042soft SAM_8060soft SAM_8066soft


Pai na água. Mãe e filho na brincadeira =)


ASSINATURA

Mãe, como se chama isto?


É pescada filho!


Onde ela mora?


Mora no mar filho,


Ohhh o Dudu teve lá e não viu!


ASSINATURA

0

#Raindrops

02 novembro 2015

Depois das primeiras castanhas e da primeira lareira já podemos considerar que o inverno chegou, não é? Está na altura de fazer o abastecimento de malhas para proteger a cria do frio e da chuva "maluca" (como ele lhe chama) e de lhe apresentar as galochas e o mini guarda-chuva. Acho que vão ser muito felizes juntos!


rainASSINATURA

Facebook | Instagram | Pinterest