BabyTime: #BUNGALLOWS DE MIRA: DORMIR EM CIMA DO LAGO DO MAR ON A BUDGET!

#BUNGALLOWS DE MIRA: DORMIR EM CIMA DO LAGO DO MAR ON A BUDGET!

22 junho 2020



Recebi muitas perguntas no fim de semana sobre a localização da nossa escapadinha e recuperei o post que já tinha escrito sobre os Bungallows de Mira para vos dar a conhecer melhor esta opção de escapadinha on a budget, que é daquelas para repetir sempre!

Como sabem, somos fãs de campo, turismos rurais, glampings e Bungallows e estes estão sempre literalmente na nossa “mira” desde que lá fomos a primeira vez, há 4 anos. Continuam a ser dos Bungallows mais completos em que já estivemos. 

As dúvidas sobre a localização eram muitas porque eles não vêm nos ditos roteiros da "moda": ficam em pleno Lago do Mar, na Praia de Mira, distrito de Coimbra e estão inseridos no Parque Municipal de Campismo de Mira. Todos os Bungallows são espaçosos, modernos, na linha de água e com um deck que nos permite uma vista fabulosa para o lago com as dunas da praia a horizonte. 

OS BUNGALLOWS

São 21 edifícios de madeira construídos num conceito de water villas com capacidade para 6 pessoas. Os interiores aliam a simplicidade dos materiais naturais, que se procura neste tipo de turismo inserido na natureza, com a modernidade: cozinha Teka totalmente equipada (fogão, frigorífico, forno, microondas, congelador, tostadeira...) TV, Wi-fi e secador de cabelo no quarto. Um janelão grande na zona de estar divide o espaço interior do deck exterior, perfeito para apanhar sol. O sossego só é "quebrado" pela presença dos patos bravos e das carpas abundantes no lago. 

O ponto alto das nossas estadias é mesmo este: o contacto com a natureza. O deck sob o lago do mar é a loucura para os miúdos, que anseiam por a alimentar os patos e os peixes  a toda a hora (despachámos uma embalagem de pão num piscar de olhos, por isso, se lá forem com as vossas crianças, vão prevenidos). 


INTERIOR






O EXTERIOR










DISTÂNCIA BUNGALLOWS - PRAIA

À saída do parque de campismo, basta virar à esquerda e contornar o muro do parque até chegar a uma zona com subida para a praia, é uma caminhada de 10m-12m a pé que se faz bem. Deixo a foto para perceberem melhor a localização e a distância. o ideal mesmo era o parque ter uma saída sul direta para a praia, mas percebemos que por questões de segurança não seja viável.





REFEIÇÕES

Devido à situação actual optamos por fazer todas as refeições em casa. Os Bungallows são completamente auto-suficientes, o parque não tem nenhum café ou supermercado a funcionar. No entanto, perto do parque há uma zona com muitos restaurantes e churrasqueiras que se alcançam a pé. Também há um mini mercado. Ao domingo de manhã pode-se ir à praia comprar peixe fresco junto aos pescadores.


O QUE VISITAR


O MUSEU

Museu Etnográfico Praia de Mira, é um antigo palheiro dos anos 60, situado mesmo em frente à barrinha de Mira, onde se pode viajar no tempo e ter contacto com a história e património arquitetónico de Mira, desde a pesca às artes e ao modo de vida da população, tudo isto através de mobiliário, trajes, instrumentos utilizados na pesca e alfaias agrícolas. Existe também uma salinha que representa uma sala de aula antiga que o Duarte adorou, e uma zona de lazer para os mais pequenos brincarem e pintarem. A entrada é gratuita.
 






A PRAIA DE MIRA

A Praia de Mira é única no mundo, com 26 anos consecutivos de Bandeira Azul. Tem um areal muito vasto o que permite muito sossego e apanhámos um tempo maravilhoso, foi uma surpresa receber o verão assim! O mar costuma ser mais "bravo" mas até nisso tivemos sorte e apanhamos 2 dias de bandeira verde.









OS MOINHOS DE ÁGUA

Desta vez não fomos até lá, mas existem vários moinhos de água na zona que pertencem a propriedades privadas, mas que podem ser visitados através do circuito pedonal. Da primeira vez visitámos os Moinhos da Fazendeira, no sítio do Cartaxo, um programa giro para fazer com as crianças.








O CIRCUITO PEDONAL

Podem encontrá-lo logo em frente ao parque de campismo e tem uma extensão de 26km. Também é possível alugar gaivotas e fazer um passeio na barrinha. Os miúdos ficam doidos com as gaivotas temáticas. Quando fomos a primeira, o vez O Duarte escolheu o Pato Donald e fomos nós "pedalar" meia hora pela ria, onde assistimos a atividades de remo e de pesca. Este passeio teve na altura o custo de 3€ por 30 minutos (agora talvez tenha subido um pouco). 

Desta vez com bebé de 2 anos atrás só fizemos apenas uma parte de bicicleta, mas ficam a saber que é uma das maiores pistas de Portugal e é cheia de espaços para piqueniques. Levem bicicletas se tiverem espaço, os miúdos adoram e mesmo dentro do parque de campismo é uma maravilha para eles se sentirem livres.












Os preços são muito simpáticos, um fim de semana para 4pax fica por 150€ em época média. A partir de julho sobe um bocadinho. As reservas fazemos sempre directamente junto do parque via email.

Mais informação e preços podem ver no site aqui


Quem ficou com eles na mira?

Sigam-nos no Instagram @raquelrodrigues_babytime