0

#Cool(aborações) | Nutricionista Gisela Carrilho | A importância dos menus na creche

04 novembro 2016



Texto: Raquel Rodrigues

Colaboração: Dra. Gisela Carrilho - Nutricionista

Já sabemos o quão importante é a alimentação em todas as fases da vida, sobretudo durante o período pré-escolar, pois é onde os nossos filhos estão a descobrir os alimentos e a desenvolver e criar os seus hábitos alimentares, que se querem saudáveis. As crianças não estão dotadas de capacidade inata para escolher os melhores alimentos em função do seu valor nutricional e é preciso educá-los, dando-lhes o exemplo. O velho provérbio “somos o que comemos” dita bem esta necessidade. 

Este ano, o colégio do Duarte fez um upgrade que me deixou, enquanto mãe, super feliz. Os menus dos nossos filhos foram analisados, readaptados e reelaborados por uma nutricionista - a Dra. Gisela Carrilho -  que tive o prazer de conhecer pessoalmente numa reunião promovida pela creche com o objetivo de ficarmos a conhecer as novas ementas, os motivos das alterações/novas escolhas feitas para o plano semanal de refeições e perceber quais os alimentos que foram retirados e os porquês. 

Até num plano semanal que parecia aparentemente saudável podem existir alguns desvios que aos nossos olhos são vistos como alimentos inocentes, como é, por exemplo, o caso da bolacha maria: 4 unidades são equivalentes a 1 pacote de açúcar para café. E, no entanto, somos incentivadas desde cedo a dar bolachas aos nossos bebés na fase da dentição, há por isso que saber escolhê-las, aprender a interpretar os rótulos e analisar a quantidade de açucares (vejam os exemplos abaixo). 

*a bolacha integral da Proalimentar é a que contém menos açucares e mais fibra.

Uma excelente opção às bolachas acima quer para eles quer para nós são as marinheiras ou as bolachas de arroz ou milho (por acaso somos consumidores de ambas). Outro erro inocente, os chamados cereais integrais ao lanche como as Estrelitas, que por dose têm 34g de açucar = 1 pacote de açucar para café tem 6g, é só fazerem as contas. Já estamos cansados de saber que o açúcar é o maior veneno que damos às crianças, parte de nós mudar isso. Opções saudáveis:



O papel da família, da escola (onde passam metade do dia) e de ajuda especializada na educação alimentar é fundamental. A partir de agora a Dra. Gisela vai ocupar um cantinho no nosso blog, e vamos dar-vos frequentemente dicas para uma alimentação correta e feliz. Por hoje, abrimos-vos já o apetite com uma receita fácil e saudável de bolachinhas caseiras:

Bolachinhas saudáveis de maçã e ameixa 


Ingredientes:
- 1chávena de farinha de milho;
- 1 chávena de farinha  de trigo integral
- 1/4 de chávena de azeite
- 2 maçãs raladas
- 1/2 chávena de água
- 8 ameixas secas
- 1 pitada de canela

Modo de preparação:
- Misture as farinhas, a canela e as maçãs;
- Retire o caroço das ameixas e triture com água (podem demolhar-se um pouco as ameixas para ser mais rápido triturar);
- Misture o sumo de ameixa e o azeite às farinhas e amasse tudo;
- Unte um tabuleiro com azeite e farinha e molde as bolachas em pequenas bolinhas ou utilize formas de formas diferentes (ex:flor)

Leve ao forno a 180ºC cerca de 20mn até estarem cozidas.

Beijos docinhos e saudáveis!

Sem comentários

Enviar um comentário