0

#Desabafos

18 fevereiro 2016

FotorCreated


Quando descobrirem a vacina das birras avisem-me porque eu estou quase a encerrar este blog por demência mental. Exagerada? Um pouco, mas confesso que tenho andado com dificuldades sérias para lidar da melhor forma com as birras deste meu saído da casca.


Se por um lado os 3 anos trazem mais vocabulário, mais pensamento lógico e mais construção frásica, por outro lado são o upgrade das birras dos 2 anos, mas com mais retórica (oh god), mais refilice e esperteza. Não existem dias sem birras e quase que arrisco dizer que nem horas, tudo serve para um bate pé, um amuo e umas lágrimas. Não é fácil lidar, não é mesmo, até porque todas temos dias menos bons, com menos paciência e às vezes sinto-me triste por pensar que"é meu dever ter mais paciência ou toda a paciência do mundo". Também se sentem assim? Sei que faço o melhor que posso, que explico o melhor que posso, que repito e repito as explicações, que o "obrigo" a ter regras, mas há dias em que acho que nesta fase estamos sempre conta ele, ele desafia, nós corrigimos, ele contra-ataca, nós ralhamos e andamos nisto... faz parte, eu sei, mas crescer custa e educar também.


Esta semana a estratégia, para além das várias explicações, está a passar pela retirada de brinquedos por mau comportamento e estamos a ver progressos. Concorde-se ou não com a aplicação de castigos, achámos que esta seria uma forma soft de o fazer perceber que as ações têm consequências.


Claro que também tem um lado amoroso, da beijinhos e abraços como ninguém, faz-me festinhas, pede colinho, diz que me ama... mas o lado reguila, aiii o lado reguila dá conta de mim!


ASSINATURA

 

 

 

 

 

Sem comentários

Enviar um comentário