0

#SOBRE A DIFICULDADE DE CRIAR ROTINAS DE SELF CARE & PREPARAR A PELE PARA O INVERNO

28 novembro 2018



O inverno está à porta e vai fazer estragos: mãos secas, frieiras, lábios gretados! 
Sou assim desde que me conheço!

Porém, faço parte do grupo de pessoas pouco disciplinadas no que diz respeito ao uso de cremes e cuidados do corpo. Sejam de rosto, de corpo ou mãos, só me cai a ficha quando percebo que estou a ficar com a pele seca ou gretada ou irritada. Com a depilação é parecido, só não viro lobisomem porque tenho a sorte de ter nascido abençoada com pelos fracos.

Mas voltando ao cuidado da pele. Isto já era mau antes da maternidade, quando tinha tempo de sobra face à miséria de minutos contados que me restam agora (sniff!!), muitas vezes rematava o banho com um óleo antes de me secar na toalha e já estava, enquanto que as minhas amigas tinham cremes para tudo!!! Com a idade, a maturidade e os primeiros sinais de pele envelhecida tenho tentado disciplinar este meu lado rebelde com reminders, que basicamente passam por deixar os cremes à vista, para facilitar a rotina, mesmo em cima do lavatório. Se adoro vê-los espalhados? Não! Mas pelo menos estão ali a gritar "usa-me" e noto que aos poucos, estou a conseguir criar uma rotina diária de cuidados sobretudo porque vem aí o frio. Muitas vezes nem que seja antes de ir para a cama, arrasto-me até ao WC para um momento de self-care.

Disclaimer: apenas nas gravidezes sofri de síndrome de excesso de zelo e barrava-me toda de manhã e à noite (e às vezes à hora de almoço! Um exagero de creme!). E nos pós-parto também tive cuidado para evitar estrias, mas depois esse medo eminente de marcas passa-me e volto a ser a baldas da casa.

Mas como eu dizia acima, todos os anos me lixo e só reajo quando o mal surge, este ano estou a tentar ter uma postura preventiva face ao inverno até porque já sei como a minha pele reage: fica seca e com comichões, como se tivesse sido picada por insetos em algumas zonas. Por isso, aqui ficam algumas dicas para a estação que se avizinha e alguns cuidados que faço por manter:

1. Hidratação de dentro para fora. Mesmo sem vontade porque está frio, devemos beber muita água. Os chás são bons aliados e nisso porto-me bem! 

2. Banhos temperados. Os banhos quentes demais retiram a humidade natural da pele.

3. Creme de rosto com proteção SPF em todas as estações sempre.

4. Atenção especial aos lábios. Batons ou lip balms hidratantes são obrigatórios.

5. Alimentação equilibrada. A regra de dentro para fora (alimentação saudável e equilibrada = pele saudável).

6. Esfoliação. A esfoliação ajuda a eliminar as células mortas da pele. Muitos especialistas acreditam que esse processo faz com que a pele fique com uma aparência mais saudável. No inverno, é recomendado fazer esfoliações leves e com menos frequência.

7. Cremes gordos, que reforçam a barreira cutânea e aliviam os sintomas.



Neste momento, para evitar ter mil cremes à disposição, até porque já sei que vou acabar por usar 3 diferentes no máximo (mãos, corpo e rosto) o truque lá por casa é usar cremes em versão familiar, aptos para crianças e adultos. À exceção do Xavier (que tem todo um aparato de cremes para cada parte do corpo, fraldas, colónias e mil cuidados de higiene), todos usamos o creme Hidratante Barral DermaProtect que está no WC à disposição de todos. Como a embalagem é em versão doseadora, facilita bastante ser introduzido na rotina após o duche. 

Para as zonas mais sensíveis onde costumo ter a pele mais irritada, tornozelos e joelhos (não sei porquê) completo com o creme Emoliente Reparador, apto para peles atópicas para prevenir a descamação. 

E por ai, o inverno costuma deixar marcas na pele? Quais são os truques?

Estou à tua espera também no Instagram e no Facebook !

Sem comentários

Enviar um comentário