4

#O DIA EM QUE ME ROUBARAM O CORAÇÃO!

21 janeiro 2018

21 de janeiro de 2013.
Segunda-feira.
13h27.
40 semanas certas.
O dia em que doei o meu coração ao amor infinito. 



Ia escrever um post simples de aniversário, mas bastaram-me as linhas acima para voltar à sala de partos e recuar, com toda a nitidez que a memória me permite, ao momento da tua chegada. Caramba filho, basta tão pouco para me fazeres chorar. Eu que naquele momento nem chorei, só queria olhar para ti e perceber se estavas bem depois de tantas horas à tua espera e um corpo cansado demais para exteriorizar emoções, mas a explodir de emoção por dentro. E estavas. E eu e o pai ficámos tão felizes. 

Não chorei ali, mas choro agora. A Raquel forte que segurava sempre as emoções acabou ali. Tinhas 4.090kg mas para nós eras mínimo e tão frágil. Não berraste como berram os bebés nos filmes. Não te segurei para a foto como mostram nas séries. Não deu. Tu estavas bem e eu ia ficar. 

Segurei-te pela primeira vez no recobro. Amamentei-te a medo e tu agarraste-te a mim com toda a força da vida. Não sei quem mostrou o caminho a quem. Completámo-nos, ali, mãe e filho. Sentei-me para te pegar melhor ao colo mesmo sem puder. Ralharam comigo. Aí vi logo que fazia tudo por ti. 


(e continuar a escrever sem chorar?)


Estes 5 anos voaram. És o bebé de ontem que me ensinou a ser mãe e o menino do amanhã que tem tanto de meigo como de personalidade vincada. Às vezes sufoco de amor por ti. Outras vezes pões-me com os nervos em franja e preciso de um tempo. Mas em todos os momentos acrescentas dimensão e motivação à minha vida. Talvez tenha sido essa a maior transformação, a forma como passei a viver, com muito mais preocupação e medo mas sem duvida alguma com muito mais amor e alegria.    

Estás a crescer a passos largos e em breve vais ser o irmão mais velho. Eu ainda não sei bem como vou multiplicar este amor, mas confio quando as outras mães dizem que cabem todos no coração da mesma forma! Será ele elástico como dizem? Vamos descobrir juntos!

Parabéns meu amor bom. Bem-vindo aos 5 anos! 
Vamos festejar! (até porque já acordaste com as galinhas mais excitado ~do que nunca)!

Give me five!

Balão: Pary Bite | Sweat: H&m (coleção inverno)

4 comentários

  1. Muitos parabéns ! E quando perceber que afinal vai caber o amor pelos dois e a determinada altura não vai fazer sentido pensar que houve um sem o outro ! Parabéns ����❤️

    ResponderEliminar
  2. ❣️❣️❣️❣️❣️ Tanto amor neste texto 😘

    ResponderEliminar