1

#AJUDA: ALCOFA, NINHO OU BERÇO DE CO-SLEEPING?

10 novembro 2017


Este post também se podia chamar indecisões (parvas) de segundo filho!

Nem parece meu ter estas incertezas de mãe de primeira viagem, mas sinto que não encontrei a solução ideal com o Duarte e volto a estar com dúvidas sobre onde colocar o bebé nos primeiros meses. Vai ser mais um bebé de inverno (não tanto como o Duarte, mas ainda vai estar frio) e quero uma solução prática, sobretudo para o tira e põe entre as mamadas nocturnas, e aconchegante, para que o bebé não se sinta perdido lá dentro. Todos sabemos que os recem nascidos precisam de muito conforto. 

O Duarte esteve até aos 3 meses numa alcofa ao meu lado na cama. Está como nova, ainda arrumada na garagem e sei que dá para reutilizar, mas como a casa tem dois pisos, ela vai-me dar jeito para a sala, onde passo a maior parte do tempo. Mas depois meto-me a pensar que com um Duarte irrequieto e curioso em casa, a alcofa poderá ser frágil para os avanços de irmão mais velho, temo que a faça cair, abanar... e a mesma lógica aplica-se ao quarto. Conclusão: sinto que preciso de algo mais estável, mas que nao seja grande como a cama de grades, que também já tenho.  

Ando a namorar os mini berços de co-sleeping da Chicco (Next to me), Zippy e da Asalvo (Sidecar), que é o mais em conta, embora ainda não tenha comparado tamanhos (qual deles dará para mais tempo), rodas e extras. Parecem a opção ideal para os primeiros tempos, já para não falar que o Duarte ainda dorme connosco e eu ando a deixar arrastar esta situação até não sei quando (relembro o post que escrevi há uns tempos para o Mães.pt)... daqui a uns meses seremos muitos num só quarto! A minha esperança é que passem os 2 para o mesmo quarto, pelo menos, o Duarte já não terá a desculpa da falta de companhia - assim espero! 
Também já pensei na opção de utilizar o famoso ninho dentro da cama de grades para reduzir o espaço e até mesmo na sala, mas lembro-me que gostava de poder tocar no Duarte durante a noite quando estava na alcofa, eu ficava mais traquila e ele adormecia melhor com o contacto físico e isso dá mais uns pontos a favor à opção de co-sleeping cribs. 
As questões são:
Vale a pena o investimento por tão poucos meses? 
Que experiência têm? 
É uma mais valia para nos facilitar a vida?  
Grávidas desse lado, o que decidiram?


Beijos! 

1 comentário

  1. Por aqui, muito em breve também vamos ter o 2º filho e desta vez decidimos comprar o Chicco Next to me(encontramos uma boa promoção, visto que já saiu o novo modelo) para facilitar a amamentação e as dormidas e porque gosto de sentir o bebé bem pertinho de mim. Desta vez pareceu-me a melhor solução, no primeiro filho tinha que me estar sempre a levantar durante a noite para o meter no berço e era muito cansativo :) o plus é que tem rodinhas e dá para levar para qualquer parte da casa, e é resiste a irmãos curiosos :P

    ResponderEliminar